poema

heresia

 
 
 
 
 
 
 
 
Aymée H, sem anos, cultiva rosas e espinhos, veste púrpura aos sábados, prefere lavar cueca G, e quando desama vinga-se de si mesma. Adepta da máxima "você é eternamente culpado por eu não querer te olhar", publicou Todo Apolo tem seu dia de Sísifo, e atualmente é representante de produtos naturais, lê Tarô no Skype, e faz massagem tântrica a domicílio.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
compartilhar: